#EuGanhoÀSegunda
Conheça os vencedores do #EuGanhoÀSegunda: Domingo Vamos à Luz (Pato Lógico).

Eu Leio em Casa e a The Book Company trazem aos seus leitores a série de passatempos #EuGanhoÀSegunda, com a qual se pode habilitar a ganhar um livro por semana. Durante a semana de 8 a 14 de maio, lançou-se um passatempo em parceria com a Pato Lógico, que faz 10 anos este mês.

O passatempo permitia ganhar um exemplar de Domingo Vamos à Luz, com texto de José Jorge Letria e ilustrações de André Letria, o livro inaugural desta editora de referência.

Foram muitas as participações e a escolha foi difícil, mas aqui ficam as 10 respostas vencedoras.

Alexandra Azevedo, com «O meu livro preferido é o Vazio. Incrível como através apenas de imagens o livro nos toca e nos deixa a pensar.»
Descubra mais sobre Vazio, de Catarina Sobral.

Alexandra Guimarães, com «O meu livro preferido desta editora é Mar porque o mar é berço de vida; é flora e fauna; é esconderijo de segredos múltiplos; é tempestade e acalmia; é imensidão e é beleza incomensurável como o é este livro que nos enriquece e maravilha a cada virar de página.»
Descubra mais sobre Mar, com texto de Ricardo Henriques e ilustrações de André Letria.

André Silva, com «Da editora Pato Lógico gosto particularmente da obra Mar, de Ricardo Henriques e de André Letria, uma vez que…:

Apresenta um estilo de escrita que me apraz,
E é um livro que nos permite aprender,
Quando terminei de ler só queria voltar atrás,
E esta obra com o meu filhote reler.

O meu Afonso este livro adorou ler,
Pois novos conhecimentos conseguiu ganhar,
E não foi somente para inglês ver,
Que juntos este livro estivemos a devorar.

Passamos a saber mais sobre o Mar,
Novas definições e conceitos passamos a conhecer,
E agora já estamos a salivar,
Por novos livros desta saga, podem crer.

Juntar atividades com abecedário é fundamental,
Para o interesse do meu Afonso prender,
Por isso este livro é o ideal,
Para o meu pequenote entreter.

Do Benfica o Afonso é grande fã,
Por isso este livrinho adoraria ter,
Espero que a minha participação não seja vã,
Para ao meu Afonso este livro oferecer.»
Descubra mais sobre Mar, com texto de Ricardo Henriques e ilustrações de André Letria.

Arnaldo Santos, com «Salgueiro Maia: O Homem do Tanque da Liberdade, de José Jorge Letria, porque, quanto a mim, Salgueiro Maia foi um herói de Abril, um homem sempre muito honesto e não se importava com honrarias e porque, também, o 25 de Abril de 1974 foi o melhor que a esmagadora maioria dos portugueses poderia ter — a Liberdade , a Democracia.»
Descubra mais sobre Salgueiro Maia: O Homem do Tanque da Liberdade, com texto de José Jorge Letria e ilustrações de António Jorge Gonçalves.

Artemiza Martins, com «O meu livro favorito é Aristides de Sousa Mendes. Um Homem de Coragem.

Levou-me ao passado numa ternurenta viagem,
E com letras bem acertadas, deixou-me uma bela mensagem.

Livros destes, que me fazem sonhar,
Voltar sempre a ler, para que renasça em mim,
A vontade de navegar.
E entre letras e parágrafos,
Quem sabe,
Me voltar a encontrar…»
Descubra mais sobre Aristides de Sousa Mendes. Um Homem de Coragem, com texto de José Jorge Letria e ilustrações de Alex Gozblau.

Catarina Gonçalves, com «O livro predileto da Pato Lógico cá por casa chama-se Um Milhão de Rebuçados, escrito pela Inês Fonseca Santos e ilustrado pela Marta Monteiro. É o nosso livro preferido porque tivemos a oportunidade de ver o lançamento do livro, no dia 3 de Novembro do ano passado na loja “A Vida Portuguesa”, onde para além de se contar a deliciosa história do nascimento dos rebuçados Dr. Bayard, através da amizade entre o Sr. Álvaro Matias e o médico francês, pudemos presenciar o 70.° aniversário da Dr. Bayard, com a presença e testemunhos do filho e neto do Sr. Álvaro e da escritora e ilustradora do livro, o que o tornou verdadeiramente especial e mágico.»
Descubra mais sobre Um Milhão de Rebuçados, com texto de Inês Fonseca Santos e ilustrações de Marta Monteiro.

Dália Antunes, com «É difícil escolher apenas um porque sou fã de uma colecção da qual faz parte o livro Almada Negreiros. Viva o Almada, Pim! e que tenho (orgulhosamente) na minha estante. É um livro lindo, da capa ao texto e às maravilhosas ilustrações. Adorava ter toda a colecção, mas destaco o do António Lobo Antunes e da Sophia de Mello Breyner.»
Descubra mais sobre Almada Negreiros. Viva o Almada, Pim!, com texto de José Jorge Letria e ilustrações de Tiago Albuquerque.

Daniel Nunes, com «O meu livro preferido é Aristides de Sousa Mendes. Um Homem de Coragem, porque admiro muito este cônsul português, que soube dizer presente numa altura critica da humanidade.»
Descubra mais sobre Aristides de Sousa Mendes. Um Homem de Coragem, com texto de José Jorge Letria e ilustrações de Alex Gozblau.

Eduardo Lopes, com «Máquina — um livro sem qualquer tecnologia, mas que me prendeu à leitura noite e dia. Tal como um computador, a minha imaginação deu enter a momentos agradáveis. Como uma máquina da roupa, lavei todo o stresse do dia a dia com esta história de Jaime Ferraz. E com a ajuda do teletransporte das palavras, viajei para cenários incríveis. É uma aventura deliciosa entre avô e neto. Um livro que é uma verdadeira máquina a dar um abanão às nossas vidas!»
Descubra mais sobre Máquina, de Jaime Ferraz.

Sónia Castro, com «O meu livro preferido da Pato Lógico é o Teatro, que recebi há dias em casa. Supostamente não é um livro para adultos, mas isso pouco me importa. Estou a desbravá-lo e a aprender muito. Sabes o que significa “húbris”? Eu também não sabia, mas agora já sei. Nas tragédias clássicas, quando os protagonistas sentem húbris, quer dizer que têm uma confiança excessiva ao ponto de se considerarem à altura dos deuses. Erro trágico! Já disse que estou a adorar este livro?»

Descubra mais sobre Teatro, com texto de Ricardo Henriques e ilustrações de André Letria.

O Eu Leio em Casa dá os parabéns a todos os vencedores e agradece todas as participações. O #EuGanhoÀSegunda tem um novo passatempo todas as sextas. Contamos convosco.

Se quiser conhecer outros artigos do euleioemcasa.pt, subscreva a nossa newsletter. Não se preocupe. Não o vamos maçar todos os dias.