Guia para quem falta tempo para ler
Fizemos uma lista para que nunca mais lhe falte tempo para ler.

Por João Valente.

Quando se trata de um inquérito aos hábitos de leitura, a opção «falta tempo para ler» é sempre a razão número um para que os livros não façam parte do nosso dia a dia. Ou sequer que ocupem espaço na mesa de cabeceira lá de casa. Por isso, resolvemos fazer este guia para que a falta de tempo para ler deixe de ser um problema.

1 – Reserve uma hora do seu dia para a leitura. O hábito faz mesmo o monge. Pode ser à noite, depois de ter visto as notícias, deitado as crianças e deixado tudo arrumado para o dia seguinte. É a altura ideal para se sentar confortavelmente (não cometa o erro de se deitar porque já sabemos como isso vai acabar) e ler. Em alternativa, mas é um compromisso mais difícil de cumprir: acorde um hora mais cedo e aproveite o silêncio do início do dia para pôr a leitura em dia.

2 – Torne a leitura num momento obrigatório do dia. É como ir ao ginásio. As primeiras vezes podem custar e é como se não retirássemos todo o prazer da leitura que devíamos. Contudo, aos poucos, vemos os resultados a aparecer e divertimo-nos cada vez mais. Ler consegue ser muitas coisas diferentes, mas é, essencialmente, um ato de prazer. Depois de habituados, quando passamos um dia sem ler, sentimos-lhe a falta. Parece que falta um pedaço de nós.

3 – Leia nos transportes públicos. Se demora 30 minutos a ir para o trabalho e outros 30 minutos a voltar, já encontrou uma hora para ler. Todos os dias. Além disso, estar absorto na leitura até é uma forma de manter o (por estes dias) necessário distanciamento social sem parecer malcriado.

4 – Leia o que gosta. É assim tão simples! A falta de tempo para ler, por vezes, soa a desculpa de quem, na verdade, não gosta de ler. E isso acontece porque andou quase toda a vida a ler mal, a ler aquilo de que não gosta. Por isso, não se preocupe em seguir tendências, em ler os clássicos ou seguir as listas de bestsellers. Leia aquilo que lhe dá prazer. Seja qual for o género, a erudição e a época. Seguindo os seus gostos, a probabilidade de largar um livro a meio é muito menor. Não ter tempo para ler é só uma desculpa.

5 – Aproveite o fim-de-semana e as férias. Ter areia, bilhetes ou recordações das férias no meio de livros é como ter sal na comida: melhora o sabor do que se está a experimentar. Durante as férias e fins de semana parece que os dias são maiores. É a desculpa ideal para ter tempo para si e pegar numa obra que sempre lhe causou curiosidade. Nestes dias é, finalmente, possível lê-la de fio a pavio.

6 – Ande sempre com um livro atrás. Saiu para as compras? Leve um livro. Saiu para ir ao médico? Leve um livro. Vai fazer de motorista dos seus filhos? Leve um livro. Nunca se sabe quando vai ter um instante livre: ou porque fica à espera da sua vez para uma consulta ou porque tem uma dezena de pessoas à sua frente na repartição de Finanças. Em vez de ficar a jogar no telemóvel ou se pôr a semear likes nas redes sociais. aproveite para adiantar a leitura. E nem vai dar pelo tempo a passar.

7 – Quantas horas de Netflix ou HBO viu na semana passada? E ainda acha que não tem tempo para ler? Não precisamos de dizer mais nada, pois não?

Que lhe parece esta lista? Acha que finalmente vai conseguir ter tempo para ler? Partilhe connosco quais são as suas maiores dificuldades e quais as soluções que encontra para não perder o hábito da leitura. Use e abuse da nossa caixa de comentários.

Se quiser conhecer outros artigos do euleioemcasa.pt, subscreva a nossa newsletter. Não se preocupe. Não o vamos maçar todos os dias.