Eu Leio em Casa

Livros, leituras e vária parafernália

Sobre nós

Sobre nós

Da mesma equipa que produziu o blogtailors, assumidamente como resposta aos dias que vivemos, criámos o euleioemcasa.pt.

Numa altura que a área do livro passa por um período menos bom, esperamos que esta plataforma contribua para que os portugueses falem de livros, partilhem as suas ideias sobre livros, comprem mais livros.

É demasiado cedo para afirmar se a plataforma veio para ficar. Para já pareceu-nos que fazia falta a criação de um repositório de informações, que reunisse conteúdos de qualidade, na área do livro — que interessasse a leitores e profissionais.

Produzido em tempo recorde, e em periódica atualização e estado de melhoria, com conteúdos originais, mas também servindo como apontador para outros artigos, tentaremos colocar um foco sobre as notícias frescas, mas sobretudo publicar artigos em torno do livro, que possam ser lidos hoje e daqui a um mês.

Sejam bem-vindos. Agradecemos toda a partilha que possam fazer deste projeto.

Conheça a equipa

Paulo Ferreira

Lisboa, 1980. Licenciatura em Relações Internacionais no ISCSP (Pós-graduação na UCP). Ex-publicitário (BBDO, Caetsu). Professor (Universidade Lusófona, Aveiro). Palestrante (Espanha, Letónia, México, Colômbia, Polónia, EAU, Cabo Verde). Autor (ficção, não-ficção). Maratonista (Porto, Barcelona, Lisboa). Fundador da Booktailors (Bookoffice, Bookcamp). Diretor de produção (Feira de Bogotá, Guadalajara). Programador (Morabeza — Festa do Livro de Cabo Verde, LeV — Literatura em Viagem, Feira do Livro de Lisboa, Braga, Aveiro, Funchal, Faro, Tinto no Branco — Festival Literário de Viseu). Empreendedor (Festival Literário da Madeira, planos municipais de leitura). Diretor geral da unidade de negócio The Book Company. Administrador do Grupo 20|20 (e da biblioteca lá de casa). Astrónomo em potência (astrofísico em permanente frustração). Turista em 28 países (4 continentes, uma dúzia de ilhas, 18 distritos nacionais, duas regiões autónomas — consegue apontar o Tuvalu no mapa). Devorador de pataniscas (azeitonas, arroz de tomate e sushi).

Tito Couto

Valongo, 1974. Fez a sua formação na Escola Superior de Jornalismo. Escreveu para o Jornal de Notícias (Público e Press Association). Ingressou na Booktailors em 2011, onde produziu dezenas de eventos literários nacionais e internacionais, entre os quais se destacam as presenças portuguesas na Feira do Livro de Bogotá em 2013, Guadalajara em 2018 e várias edições da Morabeza — Festa do Livro de Cabo Verde). Da sua obra enquanto autor fazem parte os títulos Algo Estranho Acontece, sobre António Zambujo e Miguel Araújo (mas também o livro infantojuvenil Eu Fiz Tudo Pra Você Gostar de Mim, uma biografia de Carmen Miranda). Se mandasse, Portugal seria uma monarquia (para compensar vive em Paredes, uma espécie de Mónaco do Vale do Sousa e Baixo Tâmega). Já jantou com vários Prémios Nobel (e Taís Araújo). Domina a tecnologia com a agilidade de um contemporâneo de D. Miguel e os amigos, que não gostam de ouvir umas verdades, garantem que já tem uma penthouse à sua espera no inferno (como se a herdade em Paredes não lhe chegasse).

Catarina Sabino

Lisboa, 1994. Licenciada em Filosofia, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (com breve passagem por Salerno, Itália), é mestre em Edição de Texto pela FCSH (Universidade Nova de Lisboa). Na The Book Company é diretora de Produção, Operações e Editorial (e da Felicidade). Gosta muito de Lisboa (também da Escócia e de Itália), é elitista do chá (e guardanapo), Ravenclaw (Potterhead, portanto) e outras coisas que ainda não descobriu.

Leonor Rodrigues

Viana do Castelo, 1994. Licenciada em Línguas e Estudos Editoriais e Mestre em Estudos Editoriais com a nota máxima (Universidade de Aveiro). Deixou a rua onde cresceu (o Caminho do Cavalinho Morto) para se juntar à The Book Company. Diretora do Departamento de Projetos, Estudos e Pesquisa e da agência literária Bookoffice. Gryffindor. Continua a gostar muito de ler (de tudo um pouco), de música (metaleira camuflada) e de filmes e televisão (incluindo comédias românticas e alguma trash TV). Adora passear (e tenta — e falha — não tropeçar pelo caminho).

João Valente

Lisboa, 1977. Licenciado em Relações Internacionais no ISCSP, Portugal (Master of Arts em Estudos Europeus no Colégio da Europa, Bélgica). Ex-jornalista (editor na Revista Prémio). Gestor de vendas na Lusitania Vida. Executivo de negócios na The Book Company. Autor do romance The Empire (e de outros trabalhos fantasma). Pai de 3 filhos. Diverte-se muito (a fazer surfe, a tocar guitarra — ainda que seja igualmente mau a fazer as duas coisas).

Rodrigo Ferrão

Porto, 1983. Jurista. Trabalhou como comercial e business developer na indústria têxtil e antes como livreiro na Almedina, Bulhosa e FNAC. Em paralelo, fundou plataformas digitais (Clube de Leitores e Livros no Facebook), onde comenta e discute literatura e escritores. É convidado a apresentar obras de novos autores, participar em feiras e debates. Lançou um livro de poesia (Todos os Tempos Verbais). Na The Book Company está integrado na equipa de concepção e desenvolvimento de projetos.

Luís Coimbra

Santarém, 1981. Formou-se em Comunicação e em Estudos de Cinema e Televisão. Armou-se em saltimbanco (de área em área) antes de se reaproximar dos livros e de dedicar vários anos à tradução. Na The Book Company, faz parte do Departamento de Produção, Operações e Editorial. Nas horas vagas, desconfia da tecnologia, das redes sociais e de autobiografias prematuras (mas gosta de desafios e de exercícios improváveis).

Filipa Esteves

Monção, 1991. Ana para os amigos. Licenciada em Línguas e Estudos Editoriais pela Universidade de Aveiro e mestranda em Estudos Editoriais pela mesma universidade. É assistente do Departamento de Produção, Operações e Editorial na The Book Company. Quis ser de tudo um pouco (desde atriz a osteopata e sempre com um bichinho por farmácia), mas no final optou pelas Letras. Apaixonada por passeios longos (daqueles de ganhar calos e bolhas) e por gelados (exceto os de morango, chocolate e baunilha — sabores demasiado cliché).

Ana Serra

Lisboa, 1980. Licenciatura em Línguas e Literaturas Modernas, Estudos Portugueses e Franceses, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Ex-livreira e ex-gestora de livrarias (Bertrand Livreiros). Assistente administrativa na The Book Company. Eternamente apaixonada por livros, teatro e dança. Viciada em crochet e tricot. Mãe de uma filha (que a fez voltar a gostar de desenhos animados).

Participações especiais

Afonso Cruz

Afonso Cruz, além de escritor, é também ilustrador, músico e cineasta. Estreou-se com o romance A Carne de Deus em 2009. Publica em diferentes géneros (infantil, romance, contos, não-ficção). Multipremiado (Prémio da União Europeia para a Literatura, Prémio Autores para Melhor Livro de Ficção Narrativa, Prémio Nacional de Ilustração, Prémio Literário Fernando Namora, entre outros). Tem a obra publicada em mais de 40 países (Inglaterra, México, Espanha, Colômbia, Canadá, Itália, Sérvia, Arábia Saudita e muitos outros).

Filipa Melo

Filipa Melo é escritora, crítica literária e jornalista. É autora do romance Este É o Meu Corpo (2001), traduzido em sete línguas, do livro de reportagens Os Últimos Marinheiros (2015) e do Dicionário Sentimental do Adultério (2017). Trabalha há mais de ​vinte anos na divulgação da literatura nacional e clássica na imprensa e na televisão, em eventos de divulgação e oficinas e tutoria ​literárias. Atualmente, assina crítica literária na revista Ler, trabalha como ghostwriter, coordena e ministra uma pós-graduação em Escrita de Ficção (Universidade Lusófona) e coordena as Residências Internacionais de Escrita da Fundação Dom Luís I.

Frederico Lourenço

Frederico Lourenço nasceu em 1963. Licenciado em Línguas e Literaturas Clássicas pela Universidade de Lisboa. Professor na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Vencedor do Prémio Pessoa, traduziu as obras Odisseia e Ilíada de Homero (que também adaptou para um público juvenil) e encontra-se a traduzir a Bíblia do grego em vários volumes.

Nelson Nunes

Nelson Nunes é escritor. Autor de livros como Preciosa (Planeta, 2019), começou pelo jornalismo na revista Focus, tendo passado pela investigação académica na Universidade Católica Portuguesa e pela assessoria de imprensa no Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol. Hoje é criativo na agência de storytelling True Stories.

Política de Privacidade

Consulte a nossa Política de Privacidade aqui.