A revista digital gratuita Torpor nasceu durante a crise pandémica da Covid-19, e pretende captar as consequências desta e do confinamento nas artes e na vida de todos nós. 

Com direção editorial de João Paulo Cotrim e imagem gráfica de José Teófilo Duarte, Torpor. Passos de Voluptuosa Dança na Travagem Brusca, a revista que quer ser um espaço de ensaio para «criadores de toda a espécie», conta com a colaboração de artistas plásticos, ilustradores, fotógrafos, escritores, psicanalistas, divulgadores científicos, ensaístas, jornalistas, poetas, tradutores, designers, produtores, entre outros.

Neste novo conteúdo editorial, disponível online no site da abysmo e offline, em formato PDF (descarregado no mesmo site), poderá encontrar trabalhos de Alberto Pimenta, António de Castro Caeiro, António Jorge Gonçalves, Nuno Saraiva, Rita Taborda Duarte, Inês Fonseca Santos, João Fazenda, Sérgio Godinho ou Filipe Homem. Mas há mais. Descubra outros artistas convidados e as suas contribuições.

Se quiser conhecer outros artigos do euleioemcasa.pt, subscreva a nossa newsletter. Não se preocupe. Não o vamos maçar todos os dias.